Análise de concorrência: o que é e como fazer? Saiba aqui!

A análise de concorrência é uma pesquisa do que os competidores estão fazendo em diferentes aspectos do mercado, com o objetivo de se destacar ao criar e melhorar as próprias estratégias.

Antes de mais nada, uma boa análise da concorrência é um ponto fundamental para o sucesso da sua marca e negócio.

Em outras palavras, é possível melhorar as ações de marketing de um negócio: converter, fidelizar mais clientes e ainda estar à frente dos maiores empreendimentos.

Quer entender o que é análise da concorrência, por que ela é importante para o seu negócio e como fazê-la? Nós te explicamos tudo isso e muito mais neste artigo. Boa leitura!

Então, o que é a análise de concorrência?

Primeiramente, a análise de concorrência — também conhecida como análise de mercado — é a prática de acompanhar com frequência os concorrentes do seu negócio.

Ou seja, prestar atenção em pontos competitivos, como os preços oferecidos, a gestão comercial, experiência do cliente, entre outros.

Esse estudo é mais que fundamental para as etapas de planejamento e gerenciamento de vendas, uma vez que ele permite identificar os riscos e oportunidades para impulsionar as vendas.

Sendo assim, você é a melhor pessoa para analisar. E em seguida, identificar o que faz sentido para a sua estratégia.

Por que fazer uma análise de concorrência?

Como citamos no tópico anterior, ao fazer uma análise de concorrência, você tem uma visão geral de como a sua marca está posicionada no mercado em relação a outras empresas concorrentes.

Assim, a estratégia permite que você identifique os pontos fortes em relação aos concorrentes e os pontos que precisam melhorar para conquistar mais clientes.

Em resumo, a sua marca torna-se cada vez mais competitiva. A análise de mercado ainda permite criar estratégias para:

  • Aumentar as vendas;
  • Impulsionar o faturamento;
  • Posicionar melhor a sua marca em um determinado mercado.

Leia também: Posicionamento de marca: como destacar a sua marca no mercado?

Por onde começar e como analisar a concorrência?

Existem várias maneiras de iniciar a análise de concorrência. Algumas delas são:

  • Visitar outras lojas virtuais e redes sociais;
  • Cadastrar-se na newsletter;
  • Buscar as marcas no Reclame Aqui.

Mas, é preciso construir uma boa estrutura para a análise de mercado. Confira um passo a passo a seguir:

1. Defina quem são os concorrentes

A princípio, você deve identificar quais são os concorrentes do nicho de mercado que o seu negócio atua.

Lembre-se de incluir também as empresas que disputam o mesmo público e não somente aquelas que oferecem o mesmo tipo de solução que seu negócio.

Ou seja, mesmo quando um produto não é exatamente igual ao outro, as pessoas costumam escolher apenas uma opção entre outros produtos.

2. Estabeleça os objetivos da análise

Então, após identificar os concorrentes, você precisa estabelecer seu objetivo ao fazer a análise.

Por exemplo, você pode examinar os preços ou as campanhas de e-mail marketing da empresa concorrente.

Por isso, saber o que motiva a análise da concorrência te ajuda a torná-la mais eficiente, uma vez que o olhar será direcionado ao ponto específico que pretende entender.

3. Escolha quais critérios serão analisados

Em seguida, é hora de escolher quais critérios serão analisados. Ao definir o ponto anterior, o que você vai considerar?

Por exemplo, se estamos analisando os blogs dos concorrentes, vamos considerar o volume de tráfego orgânico por mês? Quando são feitas novas postagens? Os temas escolhidos para os posts?

De fato, saber quais critérios você quer avaliar aumenta a assertividade da estratégia. Portanto, identifique também quais métricas são relevantes para cada análise.

4. Determine o método de pesquisa

Estabeleça como vai coletar, organizar e analisar os dados encontrados. Para isso, não existe uma regra específica, mas, uma maneira muito utilizada pelas empresas é a análise SWOT (ou FOFA, em português).

Esse método busca identificar as Forças (Strenghts), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities), e Ameaças (Threats) de cada concorrente — e até mesmo o seu próprio negócio.

5. Reúna os dados e apresente-os

Por fim, é hora de tirar tudo do papel e colocar a mão na massa: faça a sua análise de concorrência seguindo a metodologia que você definiu para a coleta dos dados.

Veja alguns exemplos de como fazê-la abaixo:

  • Navegando pelos e-commerces dos concorrentes;
  • Avaliando as redes sociais deles;
  • Cadastrando-se nas newsletters da concorrência;
  • Visitando suas lojas físicas;
  • Entre outros.

O próximo passo é anotar tudo o que encontrou, organizar as informações e apresentá-las às áreas e pessoas envolvidas.

Dessa forma, um plano de ação pode ser criado pensando em melhorar aspectos específicos que te colocarão à frente dos concorrentes.

Em conclusão, se você não tem tudo isso bem definido, é hora de repensar a rota. Afinal, é sabendo qual é o propósito da sua marca, que você terá um norte para sempre que se sentir em dúvida.

Precisa de ajuda para construir presença nas redes sociais? Conte com a nossa ajuda! Afinal, mais que ter um e-commerce pronto para vender, estar preparado para encarar a concorrência é essencial para alavancar as vendas.

A equipe da Growsmart é especialista em aumentar as vendas em negócios online. Entre em contato conosco agora mesmo. O seu sucesso também é o nosso!Este material te ajudou de alguma forma? Você encontra mais conteúdos como esse, em nosso blog. Clique aqui e continue navegando em nossos artigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha os campos abaixo

Cresça o resultado do seu negócio

Let’s Grow